quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Quem és tu?

Quem és tu alma 
a parecer tanto comigo 
que abraça e me envolve 
como de mim um vestido? 
Quem és tu que me dá calma 
na ânsia louca que sinto, 
ternura com que me apalpas 
a acordar os meus instintos... 
Quem és tu que balanças 
no aconchego do meu dentro 
de seguida o céu alcanças, 
faz-me estrela em firmamento...